Opala Diplomata: O sobrevivente Muscle Car brasileiro

Opala Diplomata: O sobrevivente Muscle Car brasileiro

O Opala Diplomata obteve grande aceitação e ocupou garagens de políticos, celebridades, se tornou até viatura de polícia. Foi produzido com opção de dois tipos de motores: o 4 cc e 6 cc.

Na década a General Motors montou seu primeiro carro de passeio no Brasil: o Opala.  Foi apresentado ao público pela primeira vez em 1968 e foi produzido até o ano de 1992. A carroceria foi inspirada em um modelo alemão combinado com a potência do estrangeiro americano Impala.

opala diplomata

Por outro lado, uma crise no abastecimento levou os motores V8 a extinção e alguns modelos acabaram saindo de linha como o Dodge Dart e Ford Galaxie. Exceto o Opala Diplomata.

O diferencial do Diplomata

A linha Opala passou por grandes reformulações para finalmente se tornar o Diplomata:

  • Lanternas retangulares
  • Faróis de milha
  • Interior com revestimento de vinil
  • Novo volante
  • Reposicionamento da alavanca de freio do estacionamento
  • Rádio
  • Direção hidráulica
  • Ar condicionado
  • Amortecedores pressurizados
  • Molas recalibradas
  • Barra estabilizadora maior

Muitas destas novidades ainda não haviam chegado ao Brasil e estas mudanças fizeram do Opala Diplomata, um carro de luxo.

opala diplomata

Inovação

A maior novidade do Opala Diplomata foi o câmbio automático que até então ainda não havia chegado ao Brasil. Trata-se do câmbio alemão 4HP22, o mesmo do Jaguar JXS.

Quatro marchas e bloqueio do conversor de torque proporcionavam silêncio em alta velocidade. Em 1991 o Diplomata apresentou a tecnologia do freio a disco e o câmbio que antes era de 4 marchas, passou a ter 5, porém, manual.

1992 – Opala Diplomata últimas mudanças

Em 1991 o Diplomata passou por suas últimas mudanças deixar de ser produzido em 1992. As últimas unidades da linha especial saíam de fábrica com fita VHS da história do Diplomata, chave banhada a ouro e certificado. Foram produzidas 99 unidades desta linha.

“Sabe por que os antigos são “Legais” pois eles tem a personalidade da época em que foram feitos.
Pegar um opala e colocar uma grade de Dodge, simplesmente vai enfeiar seu carro. O valor dele para revenda será reduzido a praticamente pó!!! Pois ninguém quer comprar um antigo que não seja o mais original possível!!!”

“Jamais altere a estética de um opala por qualquer outro veículo. E vice-versa.
É o mesmo que você ter um Corsa e colocar a frente de uma Brasília. Vai destruir o carro. 
O Opala assim como o Charger e Maverick são nossos Muscle Cars brasileiros.” 

Nos acompanhe também em https://www.facebook.com/carrosdasantigass/

Envie seu comentário